08/03/2014

Não sei... Que intensa magia


Mulher

Não sei 
Que intensa magia 
Teu corpo irradia 
Que me deixa louco assim 
Mulher 
Não sei 
Teus olhos castanhos 
Profundos, estranhos 
Que mistério ocultarão 
Mulher 
Não sei dizer 
Mulher 
Só sei que sem alma 
Roubaste-me a calma 
E a teus pés eu fico a implorar 
O teu amor tem um gosto amargo 
E eu fico sempre a chorar nesta dor 
Por teu amor 
Por teu amor 

Mulher 
Autor: Custódio Mesquita , Sady Cabral


Amara Mourige

4 comentários:

  1. Mais uma bela escolha! beijos, tuuuuuuudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  2. Um poema simplesmente belo.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Nossa,essa musica é de uma poesia divina! Bela escolha! bjs,

    ResponderExcluir
  4. Que lindo, Amara!!

    Pura poesia!

    beijinhos,

    Lígia e =^.^=

    ResponderExcluir